Translate

2 de maio de 2013

Corretor de imóveis é preso no Bairro Itaberaba em Juazeiro acusado de matar prefeito no interior de Alagoas



Pedro Benedito dos Santos, de 31 anos, foi preso, na terça-feira (23), por investigadores da 17ª Coordenadoria Regional de Polícia Civil (Coorpin/Juazeiro), em apoio aos policiais da Divisão Especial de Investigação e Captura (DEIC), de Alagoas, que cumpriram mandado de prisão temporária em aberto. Ele é acusado de assassinar, em setembro de 2006, Edivaldo Santos Ribeiro, o Val do Agenor, então prefeito do município de Roteiro, no interior de Alagoas. Pedro Benedito fugiu para Juazeiro logo depois do crime, e estava morando no bairro Itaberaba, onde estava vivendo, segundo a polícia com um farto patrimônio, que também será investigado. Em Juazeiro, Pedro estaria usando outro nome, já estava casado, tornado-se evangélico e trabalhava como corretor de imóveis. Segundo a polícia alagoana não há dúvidas de sua participação no crime. Pedro se diz inocente de todas as acusações e nega conhecer as vítimas da chacina. “Eu sou um homem de Deus. Nasci na igreja, sou crente desde criança. Nunca matei ninguém. Eles estão dizendo que fui eu porque uma pessoa disse que peguei uma arma emprestada com ele, mas eu não conheço essa pessoa e não tenho nenhuma arma comigo”, defendeu-se. 
Com informações do Bocão News e Alagoas 24 horas 

Fonte: Blog do Francisco Evangelista/Blog Diniz K-9

Nenhum comentário:

Postar um comentário