Translate

20 de setembro de 2011

Policial se irrita e mata ambulante no PR

A investigadora da Polícia Civil do PR teria matado o ambulante por ciúme da namorada

Um vendedor de guarda-chuvas foi assassinado por uma investigadora da Polícia Civil na rua Barão do Rio Branco, na região central de Curitiba, no Paraná, nesta sexta-feira.

Segundo a delegacia de polícia, o ambulante estava conversando com uma mulher, que supostamente seria a namorada da policial, quando foi abordado. Ela teria se irritado e iniciado uma discussão. Durante a briga, a investigadora sacou a arma e disparou duas vezes contra o vendedor.

Ainda de acordo a polícia, a acusada realiza tratamento no CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) da Polícia Civil. Ela foi detida e autuada em flagrante pela morte do homem.

Fonte: Band

Nenhum comentário:

Postar um comentário